Presidente Venceslau | 30 de Novembro de 2021
Cotidiano

Palavras sinceras e motivadoras para mães que lidam com a ausência do pai de seus filhos

Palavras sinceras e motivadoras para mães que lidam com a ausência do pai de seus filhos

Os textos de minha autoria são publicados com base em soluções para demandas atuais, pois, acredito que posso estimular pessoas a viverem melhores versões de si mesmas, independentemente das circunstâncias “aparentemente” negativas que se apresentam vez ou outra. Se você é mãe e cuida de seu filho sem a presença do pai dentro de casa, provavelmente teve de lidar com a seguinte justificativa:

- Nessa semana eu não vou poder buscar nosso filho.

Diante deste tipo de situação, nós, mulheres, podemos reagir de diversas formas, afinal, quem é mãe sabe que, via de regra, temos de nos desdobrar e nos adaptar a uma rotina que não foi programada pensando em nos incluir. Mas será que uma reação negativa e recheada de revolta vai melhorar a dinâmica desse relacionamento, no qual o bem estar físico e emocional da criança deve ser preservado acima de tudo?

O princípio da ação e reação é uma lei. Quando você expõe as limitações de uma pessoa estando dotada de uma emoção negativa gerada pela frustração que ela lhe causou, essa pessoa irá receber sua crítica como um ataque. Portanto, caso você busque não se desgastar com discussões intermináveis a respeito de quem tem razão, interprete a ausência do pai de seu filho como um convite para aproveitar a companhia e o amor que a criança tem a lhe oferecer.

Para dúvidas ou informações, entre em contato pelo fone (18) 99139-0000.

Texto escrito por Rafaela Piai - Psicóloga CRPSP 133655

Integração Regional

integracaoregionalnews.com.br

Jornal integrante de veículo de comunicação com sede em Presidente Venceslau (SP).

0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

Este website utiliza cookies próprios e de terceiros a fim de personalizar o conteúdo, melhorar a experiência do usuário, fornecer funções de mídias sociais e analisar o tráfego. Para continuar navegando você deve concordar com nossa Política de Privacidade.

Sim, eu aceito. Não, eu não aceito.